Como a internet das coisas pode deixar a sua casa mais segura



Uma das grandes apostas da indústria de tecnologia para um futuro próximo e que já tem crescido rapidamente no presente é a Internet das Coisas. O conceito gira em torno de conectar objetos comuns do cotidiano e expandir suas capacidades e ampliar suas possibilidades.

Uma geladeira conectada pode avisar quando está faltando algum alimento. Uma caixa de som com Wi-Fi equipada com um assistente digital pode ouvir e responder às suas perguntas. No entanto, poucos equipamentos são tão beneficiados com o acesso à internet do que aqueles que fornecem segurança doméstica.

O avanço da tecnologia de objetos conectados permitiu uma revolução da proteção da sua casa. A internet das coisas promoveu o nascimento de uma nova leva de equipamentos, como fechaduras conectadas e sistemas de controle de acesso com Wi-Fi, permitindo que aparelhos se comuniquem entre si para garantir ainda mais segurança e comodidade.

Um dos maiores desafios para a internet das coisas é manter esses objetos seguros. Produtos conectados rapidamente se integram às vidas dos usuários, chamando a atenção do cibercrime. Portanto, a procedência desses aparelhos precisa ser adequada para garantir os melhores resultados para a sua segurança digital; no caso das câmeras, a criptografia das imagens é primordial para que o vídeo não seja interceptado por alguém mal-intencionado.


A revolução da internet das coisas chega para facilitar vidas e também para torná-las mais seguras. Para aproveitar ao máximo os benefícios desta nova era da tecnologia, é preciso ficar de olho na qualidade dos dispositivos comprados para a sua casa, porque, nesses casos, o barato pode sair caro.

Com informações: Olhar Digital. Atualizado: 09/01/2018 às 15h45.

Jean Holguim
Professor Especialista de Informática
Licenciado em Computação
Whatsaap: (092) 9389-3376
E-mail: jeanholguim@gmail.com
WebSite: http://www.jeanholguim.tk